Vacina da Pfizer começa a ser distribuída pelo Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde começou a distribuir, nesta segunda-feira (3), as doses do primeiro lote de vacina Pfizecontra o covid-19 que chegou ao Brasil na quinta-feira (29). O contrato entre o governo federal e o farmacêutico prevê a entrega de 100 milhões de unidades até o fim do ano.

De acordo com o órgão, 49,590 vacinas estarão disponíveis para a aplicação da primeira parcela neste momento. A recomendação é abordar pessoas com comorbidades, pessoas com deficiências permanentes, gestantes e cartórios, mas as autoridades locais têm autonomia para seguir o seu próprio cronograma.

A pasta também recomendou que o intervalo entre a primeira e a segunda parcelas seja de três meses (12 semanas), com base no estudo realizado por uma entidade britânica. Essa distância maior permite a imunização de mais pessoas, oferecendo uma resposta rápida para a face do progresso da pandemia, informa o ministério.

A vacina Pfizer é aplicada em duas doses, como as outras usadas no Brasil. A vacina da Pfizer é aplicada em duas doses, como o restante usado no Brasil nos dias de hoje.Fonte: Unsplash

No entanto, a proposta difere da dada pela Organização Mundial de Saúde (WHO) em janeiro, que é direcionada para a gestão. A segunda dose da vacina pfizer / BioNTech em até 42 dias (seis semanas). A bula do produto já indica um intervalo igual ou superior a 21 dias.

As capitais terão prioridade

Devido a requisitos de armazenamento e a margem de tempo para aplicação do produto, o Departamento de Saúde determinou a distribuição do primeiro lote exclusivamente para capitais.

Estes vacinas contra o novo legista médico deve ser armazenado entre -25; C e -15; C por mais de 14 dias. Já nas salas de vacinação, as vacinas podem ser armazenadas em caixas de 2 8 ° C, mas o aplicativo deve ocorrer em até cinco dias.

O estado de São Paulo receberá a maior quantidade, com 135.720 doses. Em seguida, estão Minas Gerais (50.310), Rio de Janeiro (46,800), Paraná e Rio Grande do Sul (32.760 doses para cada um).

Fonte: www.tecmundo.com.br/ciencia/216631-vacina-pfizer-comeca-distribuida-ministerio-da-saude.htm

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com